Geral

Urso de espécie rara e ameaçada é recebido em Brasília


Um exemplar do urso-de-óculos (Tremarctos ornatus) – a única espécie da família Ursidae que tem como habitat natural a América do Sul – foi recebida ontem (5) pelo Zoológico de Brasília para fins de reprodução em cativeiro. A fêmea, chamada Liz, pesa 60 quilos e veio de Salvador para encontrar Ney, um macho de 12 anos que vive na capital federal desde 2017.

A escolha dos dois indivíuos foi feita por comparação e compatibilidade genética, informou a instituição em nota. Liz chegou a Brasília por via aérea e já está sob os cuidados da instituição.

“A chegada da Liz tem o objetivo de contribuir efetivamente para a conservação da espécie por meio da reprodução em cativeiro. O nosso objetivo é que tanto Liz quanto Ney e seus filhotes façam parte dos programas de conservação internacionais. Se tudo der certo na reprodução, a gestação ocorre em sete meses, com um a três filhotes”, afirmou o diretor de Mamíferos do Zoológico de Brasília, Filipe Reis, à agência de notícias do Governo do Distrito Federal.

O Zoológico de Brasília informou que a ursa ficará em regime de quarentena durante 30 dias e que não será exposta aos visitantes durante o período. Durante a quarentena, veterinários e zoólogos farão observações para traçar uma estratégia de aproximação entre os dois animais.

Assista na TV Brasil: 


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua