Esportes

Universidad Católica é multada por racismo contra Flamengo; confira valor

Crédito: Reprodução/Twitter

A Universidad Católica, do Chile, foi multada em US$ 30 mil (R$ 147 mil) pelo Tribunal de Disciplina da Conmebol após um torcedor praticar racismo contra o Flamengo, no dia 28 de abril, no duelo pela Libertadores. As informações são de Marcel Rizzo, colunista do UOL.

Conforme o colunista, o valor estipulado contempla a redação antiga do Código de Disciplina, uma vez que o jogo foi realizado antes da mudança de regra no artigo 17 (discriminação) feita na semana passada. No começo deste mês, a Conmebol anunciou mudança no artigo, aumentando de US$ 30 mil para US$ 100 mil a multa mínima para casos que envolvam jogadores, oficiais e torcedores e também abriu a possibilidade de os clubes atuarem com parte ou todo o estádio fechado para torcedores.

Para o tribunal responsável pela decisão, a regra vale para jogos realizados a partir do dia 09 de maio. Casos de atos racistas ocorridos antes, serão punidos com o artigo antigo, como foi o caso da Universidad Católica.