Cultura

Unicef lança figurinhas com mensagens positivas para o Dia das Mães

Crédito: Divulgação/UNICEF

O Dia das Mães de 2020, comemorado no domingo, 10, será diferente dos anteriores, com a necessidade de evitar contato e permanecer em isolamento devido à pandemia do novo coronavírus. Pensando em como ajudar nas demonstrações de afeto virtuais, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lançou várias figurinhas com mensagens positivas.

Elas podem ser enviadas pelo aplicativo de mensagens WhatsApp, e também estão disponíveis para download na forma de cartões, que podem ser enviados por outros meios, como as redes sociais. As figurinhas já começaram a ser disponibilizadas no aplicativo.

A ideia é que as imagens sirvam como presentes virtuais, para reforçar os vínculos das pessoas com suas figuras maternas. Além disso as figurinhas podem ser usadas em aniversários ou outras datas comemorativas, ou simplesmente como uma forma de demonstrar afeto.

Com as figurinhas é possível prometer um abraço, beijo, uma viagem e outras atividades para serem feitas pelos usuários após o fim da quarentena. A iniciativa faz parte da campanha #pradepoisdaquarentena, promovida pela Unicef, que busca promover mensagens positivas na internet durante a pandemia.

As imagens para download podem ser acessadas clicando aqui.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel