Uma TV para você

Eu não aguento mais minha televisão.
Sério.
Comprei uma tela curva, 3D, 4k, para me divertir e esquecer dos problemas.
Só que quando ligo é só desgraça.
Neste final de semana foi: estupro coletivo, racismo e Lava-Jato.
Direto.
Televisão não era para isso, gente.
Depois não sabem porque todo mundo vai para o YouTube assistir vídeos de gatinhos e pandas.
É hora da televisão se reinventar.
Voltar a ser aquela mesma bobagem que sempre foi.
Não ter maiores ambições além de fofoca de famosos, show de calouros e videoclips.
Exercer sua vocação de screensaver para o cérebro.
E vou colaborar.
Seguem minhas sugestões para trazer a TV de volta ao seu DNA original.
Pode continuar mostrando a nossa dura realidade, mas sempre com um twist de modernidade.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

Por exemplo, na onda dos Reality Shows:

Canal Vida de Cão:
Cada dia uma GoPro na cabeça de um deputado diferente.
A ideia é mostrar em primeira pessoa a rotina do infeliz.
Os sites eróticos que ele visita, as negociatas nefastas que ele se mete,
os WhatsApp comprometedores que envia e recebe.
Muitos dirão que os deputados não vão se prestar a isso.
Ingenuidade.
Se um sujeito investigado pela Lava Jato se presta a ser Ministro da Transparência, amigo,
imagine o que não farão em troca de um dia inteiro de exposição exclusiva na televisão.

Esportes e Business misturados num só canal.

Canal Governo em Exercício:
Um canal com uma lista atualizada minuto à minuto com todos os Ministros que ainda estão no cargo, tipo Bloomberg.
Gráficos com a estabilidade de cada membro do Governo.
Banco de apostas.
Poker de Investigados.
Corrida de obstáculos no Congresso.
É programação que não acaba mais.

Importante ter Arte.

Canal SóLeis:
Cid Moreira declamando o Código Penal.
Dia e Noite.
Pensa.
Uma hora e você sai achando sua vida um paraíso.
Se cansar pode ter o pessoal do STF pintando e bordando.

Tem a pegada dos SitComs americanos.

Canal SAP TV:
Um canal que retransmite a TV Câmara e a TV Senado, editados em episódios.
Só que no lugar do áudio original, risadas gravadas. O dia todo.
Tipo Seinfeld, só que os palhaços são você e eu.
Um canal dedicado à Cultura não pode faltar:

Canal TV-lo-ei:
Só mesóclises, em homenagem ao nosso atual Presidente em exercício.
Novelas, Jornais, Filmes dublados, sempre com farta utilização dessa injustiçada colocação pronominal.
Admito que, com o tempo, o canal talvez se torne enfadonho.
Então, para enriquecer a programação, podemos ter o Professor Pasquale analisando a semântica dos discursos históricos de Dilma Rousseff.

Canal BoasNovas:
O mais barato de produzir.
Apenas color bars, 24/7.

Percebem?

Não me digam que é impossível.
Só precisa de um pouco de vontade política.

De nada.

Veja também

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.