A semana

Um lamentável caso de machismo nos games

Crédito: Divulgação

41%  dos gamers considerados hardcore entre 25 e 34 anos — aqueles que jogam semanalmente mais de três horas em ao menos três ocasiões — são mulheres. É o que diz a Pesquisa Game Brasil 2019. Se considerarmos os gamers casuais, que jogam em períodos mais curtos e menos frequentes, aí as moças são maioria: 58% dos jogadores

A gaúcha Gabi Cattuzzo, streamer de games que passa dos 100 mil seguidores em diversas redes sociais, foi alvo de intolerância na semana passada. Após postar uma foto em um touro mecânico no Twitter, Gabi recebeu comentários de cunho sexual e retrucou: “Sempre vai ter um macho para falar … e sexualizar até quando mulher está fazendo piada. É por isso que homem é lixo”. A resposta gerou bate-boca nos comentários, com alguns acusando-a de discurso de ódio, enquanto outros defendiam que a jovem só agiu dessa forma por causa da provocação inicial. Dias depois, a Razer, uma das maiores empresas de acessórios para gamers em todo o mundo, anunciou que não renovaria o patrocínio de Gabi, que se encerraria no final do mês. Em nota, a empresa declarou: “Como gamers, enfrentamos todo tipo de preconceito e estereótipo, e continuaremos lutando para que essas situações não se repitam”. E, curiosamente, agiu na contramão desse conceito, cancelando o apoio. A enxurrada de críticas contra a Razer foi quase imediata, com muitos ameaçando parar de comprar acessórios da fabricante para favorecer concorrentes como a Multilaser. Gabi afirmou que foi contatada por outros patrocinadores, mas que está tirando alguns dias de folga das redes sociais. “Tem garota que se identifica como homem durante o jogo só para não receber esse tipo de ofensa”, diz ela.

Assessor do ministro do Turismo é preso pela PF

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

Divulgação

Mateus Von Rondon (foto) , assessor do ministro do Turismo, Álvaro Antônio, foi preso em Brasília, na quinta-feira 27. Além dele, outros dois coordenadores da campanha de Antônio para a Câmara em 2018 estão detidos. A operação faz parte da investigação da Polícia Federal sobre o suposto esquema de candidaturas laranja do PSL. A alegação é que pagamentos ilegais realizaram-se à empresa de Von Rondon por quatro candidatas laranjas — informações que aparecem na prestação de suas contas.

Sociedade
Forró: patrimônio imaterial

Andréa Rêgo Barros/PCR
Nada mais oportuno que o mês das festas juninas para o Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan) declarar que pretende tornar o forró um patrimônio imaterial – gênero tocado nesse tipo de festividade, sobretudo no Nordeste.

A ideia é concluir os estudos em 2020. Um detalhe importante a ser descoberto é a origem do termo “forró”, muitas vezes apontado como derivado da expressão em inglês “for all” (significa para todos). Porém, desde o século XIX existem indicações de que o termo é utilizado para designar uma “festa popular com dança, música e bebida”. O forró não será o primeiro gênero a ser incluído como patrimônio imaterial no Livro de Registro das Formas de Expressão do Iphan. Antes dele já receberam tal designação o samba e o maracatu.

+ Polícia aborda ambulância com sirene ligada e descobre 1,5 tonelada de maconha

Meio ambiente
Bolsonaro versus Merkel

Às vésperas do encontro do G-20 no Japão, a primeira-ministra da alemaha, ângela merkel, e o presidente jair bolsonaro trocaram farpas. “é dramático o que está acontecendo no Brasil”, disse a premiê, referindo-se as nossas políticas ambientais. Bolsonaro rebateu: “não vim aqui para ser ofendido. O meu país merece respeito.” Também o ministro de segurança institucional, Augusto Heleno, se irritou, afirmando que os germânicos querem explorar a Amazônia. “vão procurar a sua turma”, declarou.

SAÚDE
Calos no crânio por olhar para o celular?

franckreporter

Pesquisadores australianos publicaram um estudo na revista “Scientific Reports” em que constatam a aparição de calos de 0,7 mm a 1 cm na junção do crânio com o pescoço, em pessoas entre 18 e 30 anos. Impressiona a hipótese desenvolvida pelos acadêmicos: as protuberâncias estariam ligadas ao hábito de ficar curvado ao celular. A aparição dos calos ligados ao uso excessivo de dispositivos eletrônicos ainda não é bem aceita entre os estudiosos da saúde, mas uma coisa é certa: cada vez mais os jovens sofrem de problemas como artrite e tensão no pescoço.

Congresso
Contra o abuso de autoridade?

Jefferson Rudy

O Senado aprovou na quarta feira 26 um pacote anticorrupção. Consta nele uma medida no mínimo controversa: a punição para juízes e integrantes do Ministério Público que cometerem abuso de autoridade. Segundo os senadores, configura essa ofensa: atuar com evidente motivação política, proferir julgamento quando suspenso por lei e expressar opinião por meios de comunicação durante qualquer processo judicial. O projeto agora será submetido à aprovação da Câmara, e tenta intimidar o Poder Judiciário, o Ministério Público e, obviamente, a Operação Lava Jato.

 

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar