Economia

Um corretor contra expressões preconceituosas

A agência Leo Burnett Tailor Made criou uma campanha intitulada Palavras Importam para promover o “teclado antipreconceito”, aplicativo que pode ser baixado no celular e que sugere palavras alternativas todas as vezes que o usuário utilizar uma expressão de cunho racista, homofóbico, xenófobo ou sexista. O projeto é capitaneado pela Edições Globo Condé Nast, detentora de revistas como Vogue, Glamour e GQ no Brasil.

Construir a ferramenta, que também terá versões em português e espanhol e por ora estará disponível para celulares Android (os mais usados no Brasil), consumiu mais de um ano de trabalho da produtora Savoir. Para organizar esse novo corretor ortográfico, a equipe se baseou em um estudo do linguista Thomas Finbow, doutor do Departamento de Linguística da Universidade de São Paulo (USP). Segundo o levantamento de Finbow, existem cerca de 300 palavras ainda usadas de forma corriqueira que reforçam preconceitos e podem ser substituídas facilmente por sinônimos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Veja os lugares inusitados onde famosos já fizeram sexo
+ Como saber se um pisciano está apaixonado por você? Descubra como Peixes reage ao amor!
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago