Esportes

Uefa detalha prêmios da Euro feminina com valores 23 vezes menores que masculino

Uefa detalha prêmios da Euro feminina com valores 23 vezes menores que masculino

O presidente da Uefa, Aleander Ceferin - AFP/Arquivos

A Uefa dobrou a premiação para as seleções femininas para a Eurocopa de 2022 em relação à edição anterior do torneio, mas o valor é 23 vezes menor do que o distribuído para os homens na Euro deste ano. A entidade europeia distribuirá 16 milhões de euros (R$ 103 milhões na cotação atual) para mulheres na edição do ano que vem, enquanto que o valor para as seleções masculinas na Euro de 2021 foi de 341 milhões de euros (R$ 2,2 bilhões).

A dois dias do sorteio para a competição na Inglaterra, a Uefa detalhou o sistema de distribuição dos montantes atribuídos ao torneio, de forma que as 16 seleções tenham um mínimo garantido de 600 mil euros (R$ 3,8 milhões). A campeã receberá 660 mil euros (R$ 4,2 milhões) e a vice uma quantia de 420 mil euros (R$ 2,7 milhões).

Pela primeira vez em uma competição de seleções femininas, bônus baseados no desempenho serão concedidos durante a fase de grupos: 100 mil euros (R$ 645 mil) por vitória e 50 mil euros (R$ 322 mil) por empate. Os prêmios são cumulativos, portanto, se a seleção campeã também vencer todas as partidas do seu grupo, receberá um total de pouco mais de dois milhões de euros (R$ 12 milhões). As equipes que chegarem às quartas de final terão um valor adicional de 205 mil euros (R$ 1,3 milhão) enquanto os semifinalistas receberão 320 mil euros (R$ 2 milhões).

As seleções que vencerem todos os jogos da fase de grupos poderão ganhar 900 mil euros (R$ 5,8 milhões), três vezes mais do que era possível antes, mas ainda muito abaixo da premiação às seleções masculinas. De um total de 16 milhões de euros, 9,6 milhões de euros (R$ 62 milhões) serão distribuídos igualmente entre as 16 federações e os restantes 6,4 milhões de euros (R$ 41 milhões) em função dos resultados das seleções na fase de grupos e do seu desempenho no mata-mata.

Este novo modelo de distribuição está “entre os principais sistemas de premiações para esportes femininos”, disse a entidade, que pela primeira vez introduziu um programa de benefícios para clubes com um montante total de 4,5 milhões de euros (R$ 29 milhões) para cada time europeu que tiverem jogadoras na fase final. O aumento das premiações e a introdução de um programa de benefícios para os clubes são iniciativas da Estratégia para o Futebol Feminino da Uefa “TimeForAction”.