Geral

UE: países devem se preparar para aumento de casos de coronavírus, sem pânico

A comissária de saúde da União Europeia (UE), Stella Kyriakides, afirmou nesta quarta-feira, 26, que os países do bloco devem se preparar para o contínuo aumento no número de casos de coronavírus, mas alertou contra “medidas ineficientes e desproporcionais”, como o fechamento de fronteiras.

“Não podemos ceder ao pânico”, declarou em entrevista coletiva em Roma, após reunião com autoridades da Itália e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Kyriakides informou que pediu aos membros da UE que revisem seus planos de preparação contra pandemia, incluindo a capacidade para realizar diagnósticos e testes laboratoriais. A OMS ainda não declarou o surto como pandemia, estágio no qual a rede de transmissão de uma doença é global.

Para a comissária, o coronavírus será um teste aos mecanismos de respostas à emergência existentes e à cooperação entre os integrantes do bloco. “Precisamos ser vigilantes quanto à desinformação, sobretudo falas xenofóbicas que estão enganando cidadãos e os levando a questionar a eficácia das autoridades de saúde”, ressaltou.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?