Tecnologia & Meio ambiente

Twitter não vai proibir publicação de mensagens baseadas em causas sociais

Twitter não vai proibir publicação de mensagens baseadas em causas sociais

O Twitter anunciou que sua proibição de anúncios políticos exclui as mensagens "baseadas em causas" sociais ou ambientais.  - AFP/Arquivos

O Twitter anunciou nesta sexta-feira (15) que sua proibição de anúncios políticos exclui as mensagens “baseadas em causas” sociais ou ambientais.

A rede social com sede em São Francisco revelou detalhes de sua iniciativa de proibir as mensagens políticas pagas a partir de 22 de novembro, enquanto aliviou as preocupações dos ativistas de causas sociais.

“Anúncios que educam, sensibilizam e/ou exigem que as pessoas tomem medidas em relação ao envolvimento cívico, crescimento econômico, gestão ambiental ou causas de igualdade social” serão isentos da proibição, divulgou a empresa.

“No entanto, eles não podem fazer referência a anunciantes políticos proibidos ou conteúdo político”.

O Twitter anunciou a decisão de proibir a publicidade política em 30 de outubro, afirmando que pretendia neutralizar a disseminação de informações falsas (fake news).


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel