Internacional

Turquia: Erdogan critica EUA, Rússia e Irã por presença na Síria


O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, criticou os Estados Unidos, a Rússia e o Irã por sua presença na Síria e disse que a falta de disposição desses países em depor o presidente da Síria, Bashar Assad, está contribuindo para a dor dos sírios.

Erdogan participou de um comício neste domingo marcando o 563º aniversário da conquista otomana de Constantinopla – atual Istambul. “Que negócios têm a Rússia e o Irã (na Síria)? Que negócios os soldados norte-americanos vestidos com as supostas insígnias de uma organização terrorista têm lá?”, destacou o presidente da Turquia.

Ele se referia às imagens que vieram à tona esta semana mostrando tropas norte-americanas vestindo a insígnia da milícia síria que a Turquia considera ser uma organização terrorista por causa de suas ligações com rebeldes curdos banidos da Turquia. Autoridades dos EUA disseram que os soldados não estão autorizados a usar as insígnias. Fonte: Associated Press.

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago