Tecnologia & Meio ambiente

Turistas bloqueados após terremoto na Nova Zelândia são resgatados

Turistas bloqueados após terremoto na Nova Zelândia são resgatados

Helicóptero deixa resgatados em segurança - AFP

As equipes de resgate da Nova Zelândia começaram nesta terça-feira a evacuar por helicóptero os turistas bloqueados após o terremoto de 7,8 de magnitude que atingiu uma área costeira da Ilha do Sul, enquanto que um navio se dirigia para a região afetada.

Os helicópteros militares começaram a evacuar os 1.200 turistas presos na cidade costeira de Kaikoura, epicentro do terremoto de segunda-feira que causou duas mortes.

As autoridades informaram que militares japoneses e americanos reforçariam as equipes de resgate.

A cidade tem uma população de 2.000 habitantes, mas atrai muitos turistas e mochileiros que procuram avistamentos de baleias.

Imagens aéreas tiradas perto de Kaikoura mostravam pedaços da linha férrea arrancados e deslocados até 10 metros pela força telúrica.

O primeiro-ministro John Key disse que a evacuação segura da localidade é a prioridade e que para isso disponibilizou quatro helicópteros militares e o navio da Marinha HMNZS Canterbury, que provavelmente chegará na quarta-feira.

Este terremoto foi um dos mais fortes a atingir a Nova Zelândia, país que está localizado em uma área de alta atividade sísmica conhecida como o “anel de fogo” do Pacífico, que registra cerca de 15.000 terremotos a cada ano.

Numerosas réplicas têm dificultado as operações de resgate.