Brasil

Turista norueguês é preso por assediar mulher no Rio de Janeiro

Crédito: Divulgação

Esper Petersen, turista norueguês, foi preso em flagrante por assediar uma mulher (Crédito: Divulgação)

O turista norueguês Esper Petersen foi preso na noite de quinta-feira (29), no Rio de Janeiro, acusado de importunação sexual, de acordo com informações do jornal Extra. Uma mulher, que aguardava o marido na Central do Brasil, afirma que o estrangeiro passou a mão em seu corpo e ainda falou que ela era “muito bonita”.

Kellen Cristina de Araújo Pavão, de 26 anos, em entrevista ao Extra, disse que se assustou com a aproximação do estrangeiro, pois achou que ele só quisesse uma informação. Então, ele a alisou, passando a mão em seus seios e seus glúteos e ela se afastou.

Um passageiro que passava pelo local ofereceu ajuda à Kellen. Esper Petersen foi detido e levado para uma delegacia. No depoimento, ele disse que está arrependido e que “não conseguiu controlar”. Ele declarou ser funcionário da Petrobras, fato negado pela empresa na sequência.

O crime de importunação sexual tem pena prevista de um a cinco anos de prisão. Até setembro, no entanto, a conduta tinha uma leve punição com multa.