Esportes

Tunísia vence Madagascar e vai às semifinais da Copa Africana de Nações

A Tunísia pôs fim à aventura do estreante Madagascar com um contundente 3 a 0 nesta quinta-feira, no Cairo, no Egito, e avançou às semifinais da Copa Africana de Nações.

Todos os gols foram marcados na segunda etapa, por meio de Ferjani Sassi (52), Youssef Msakni (60) e Naim Sliti (90).

Os tunisianos haviam se classificado às oitavas de final sem vencer nenhuma partida na fase de grupos – com três empates. Nessa fase empatou com Gana e venceu na disputa por pênaltis e agora a equipe norte-africana consegue sua primeira vitória desta edição da CAN, em uma partida em que as ‘Águias de Cartago’ finalmente levantaram voo, que até agora havia sido muito baixo no torneio.

Essa é a CAN em que a Tunísia chega mais longe desde a edição de 2004, a única conquistada pela seleção do país, que na ocasião, foi o anfitrião.

“Somos os primeiros a derrotar Madagascar (neste torneio). Tínhamos que fazer isso para nos classificar e isso mostra a qualidade destas equipes. Estamos muito satisfeitos. Chegamos a esta fase, algo que a Tunísia esperava havia vários anos. Agora queremos ir o mais longe possível”, afirmou o técnico dos tunisianos, o francês Alain Giresse.

– Argélia também avança –

Mais cedo a Argélia também se classificou para as semifinais ao vencer nos pênaltis (4-3 após empate 1-1) uma das seleções favoritas, a Costa do Marfim, em Suez.

Sofiane Feghouli abriu o placar para os argelinos aos 20 minutos, mas os ‘Elefantes’ igualaram no segundo tempo (62) por meio de Jonathan Kodjia. A Argélia ainda perdeu um pênalti (48) cobrado por Baghdad Bounedjah.

A partida foi para a prorrogação mas continuou empatada.

Nos pênaltis, dos quatro primeiros cobrados por cada equipe, só o marfinense Wilfried Bony perdeu o seu deixando a Argélia com a chance de se classificar se marcasse o quinto. Mas Youcef Belailli cobrou na trave.

O drama dos argelinos durou pouco, já que o marfinense Geoffroy Serey Die também cobrou na mesma trave logo em seguida o que deu a vaga nas semifinais à Argélia que no domingo vai enfrentar a Nigéria.

Na quarta-feira os nigerianos conseguiram uma vitória suada sobre a África do Sul por 2 a 1 nas quartas de final.

Os argelinos, que foram campeões em apenas uma ocasião da CAN (1990, como anfitriões), não chegavam às semifinais desta competição desde a edição de Angola em 2010, quando terminaram em quarto.

Nesta Copa Africana, a Argélia havia chegado às quartas com uma campanha de quatro vitórias em suas partidas anteriores, incluindo uma vitória de 1 a 0 em seu grupo diante de Senegal, outra das seleções classificadas agora para as semifinais.

Costa do Marfim havia conquistado o título africano em 1992 e 2015 e ao menos melhorou seu decepcionante desempenho na CAN anterior, há dois anos no Gabão, onde foi eliminada na fase de grupos.

— Programação das semifinais (horário de Brasília):

Domingo

13h00: Senegal – Tunísia

16h00: Argélia – Nigéria

bur-ah/dr/aam