Saúde da mulher

Tudo o que você precisa saber para limpar seu umbigo

Primeiro, não se atreva a colocar nada lá dentro! Aqui, vamos (finalmente!) esclarecer as dúvidas sobre a higiene do umbigo

Crédito: Pixabay

Pergunta rápida: quando foi a última vez que você limpou o seu umbigo? Deixe-me adivinhar: desde que seus pais o faziam quando você era criança. Acertei?

Eu sei, essa é uma parte do corpo que pode facilmente ser ignorada. Contudo, se você não der um pouco de atenção a ele de vez em quando, será possível notar algumas coisas bem interessantes (lê-se estranhas) escondidas lá dentro.

A seguir, dermatologistas respondem o que realmente é o umbigo, como mantê-lo saudável e por que você deveria se importar.

Ok, o que exatamente é um fiapo de umbigo?

“Resumidamente, o fiapo de umbigo é uma combinação de células mortas da pele que naturalmente saem diariamente, junto a detritos, suor, secreções de óleo, pequenas fibras de roupa e bactérias naturalmente encontradas ao redor da pele dessa região”, explica Melissa Kanchanapoomi Levin, dermatologista e fundador da Entiere Dermatology (EUA). “Embora definitivamente pareça grosseiro e nojento, isso é bastante inofensivo”, completa.

Infelizmente, algumas pessoas são mais propensas a isso do que outras. “É o caso daquelas com pelos mais grossos (a fricção do fio pode puxar mais fibras em direção ao umbigo) ou pessoas que usam tipos específicos de tecido, como algodão ou lã, que tendem a acumular mais fiapos”, acrescenta.

Leia mais

6 problemas de saúde que te deixam envergonhada mas são normais
5 coisas nojentas que podem acontecer com seus pés

Isso, contudo, pode sair do controle. Se você já colocou o dedo no umbigo e cheirou (vamos lá, você sabe que já tentou isso pelo menos uma vez), pode ser que tenha um pouco de odor diferente. Isso é devido a bactérias e leveduras que tendem a crescer quando se combinam com a pele morta células, cabelo e óleo.

“E, na pior das hipóteses, se as coisas ficarem muito fora de controle, o umbigo pode começar a expelir uma substância amarronzada, amarela ou branca, o que sinaliza uma infecção bacteriana ou por fungos”, diz Noelani González, diretor de dermatologia cosmética no Mount Sinai West (EUA). Dica: isso também significa que você deve agendar um horário para ver seu médico o mais rápido possível.

Então parece que eu preciso limpar meu umbigo. Como eu faço isso?

A melhor estratégia é lavar a área com sabão neutro e água (leia-se: sem ingredientes à base de álcool). Depois, seque com uma toalha quando estiver fora do banho. Um umbigo limpo é importante, mas um seco ajudará a evitar aquele ambiente úmido em que as bactérias amam crescer.

“Se, por algum motivo, você tentou usar algo afiado em seu umbigo, como suas unhas, por exemplo, aplique um pouco de vaselina na área para ajudar a curar possíveis feridas”, orienta Kanchanapoomi Levin.
Além disso, não importa o formato que tenha o seu umbigo, ainda é importante que todos sejam higienizados regularmente (um rápido enxágue no chuveiro já é bom o suficiente).