Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Os dias de sol e calor tornam o verão a estação perfeita para longos dias de praia. No entanto, isso pode ser um desafio para quem tem bebês: como conciliar as necessidades dos pequenos com os dias na areia

+ 6 dicas para viajar de avião com seu bebê

+ 5 técnicas para fazer seu filho dormir no horário ideal

Com informações do “Babycentre”, confira seis perguntas comuns entre as mães de primeira viagem na hora de levar seus bebês à praia.

Como proteger meu bebe do sol e o que ele deve vestir?

Mesmo que o sol não esteja tão forte, a pele dos bebês e crianças é extremamente sensível e pode queimar. Por isso, o ideal é mantê-los fora do sol entre 11h e 15h, horários nos quais o sol é mais severo. 

Se seu bebê tem até seis meses, você deve mantê-lo na sombra durante todo o tempo — mas certifique-se de que ele não ficará com frio na sombra. Se ele já tem idade o suficiente para ser exposto ao sol, você pode vesti-lo com roupas leves de algodão que cubram braços e pernas. Existem trajes infantis específicos para a proteção UV, que também podem ser uma boa opção. Considere utilizar um boné ou chapéu que faça sombra em seu rosto e pescoço, bem como um óculos de sol para proteger seus olhos do sol e da areia. Existem também sapatos de praia que protegem os pés dos pequenos de pedras na areia ou no mar.

Se possível, leve diversas trocas de roupa de banho, pois os bebês podem se irritar com roupas molhadas. Algumas roupas que aquecem mais, como camisetas de manga comprida e meias, também são importantes, pois os pequenos podem perder calor corporal rapidamente após um mergulho no mar. 

Antes de vestir a criança, aplique uma camada generosa de protetor solar por todo o seu corpo, incluindo rosto, mãos e pés. Dê preferência para os produtos que garantam proteção contra os raios UVA e UVB, com fator de proteção solar igual ou superior a 30. Reaplique a cada duas horas ou logo após as brincadeiras na água, mesmo que ele seja à prova d’água. 

Pexels

O que preciso levar?

• Toalhas: você pode precisar de bastante delas, pois bebês ficam molhados e cheios de areia com facilidade;

• Tenda ou guarda-sol: com ou sem sol forte, a sombra é indispensável na praia — e se a sua tiver proteção UV, melhor ainda;

• Quebra-vento: pode ser uma aquisição interessante para te dar um pouco de privacidade e proteger seu bebê do vento, bem como impedi-lo de engatinhar para longe;

• Toalha de piquenique ou canga: muitos bebês ficam mal-humorados com areia grudada em seus corpos, por isso, protegê-los dela é importante;

• Bolsa térmica: leve muitos lanchinhos, sucos e água para que seu bebê não sinta fome ou sede;

• Protetor solar;

• Fórmula, mamadeira, colher medidora, etc.;

• Kit de primeiros socorros;

• Boias;

• Balde de areia e bola de praia.

Como manter meu bebê seguro?

Lembre-se que a maré sobe ao longo do dia, portanto, ao chegar, escolha um lugar livre que não esteja muito perto do mar. Arrume suas toalhas e cangas no chão para que o bebê fique livre, e, se tiver, instale o quebra-vento. Se seu pequeno é um explorador, certifique-se de que um adulto o acompanha em todos os momentos. 

Não tente impedi-lo de colocar conchas e areia na boca, pois isso pode assustá-lo. Apenas tente tirar o máximo possível e dê água a ele. 

Posso levar meu bebê para um mergulho no mar?

Com cuidado, não há problema. Segure seu bebê no colo em todos os momentos, e não vá muito longe, especialmente se você estiver em uma praia que não conhece. Atente-se para que a água salgada não entre nos olhos ou na boca de seu pequeno, e, se isso acontecer, volte para a areia e limpe-o com água doce. Além disso, não fique muito tempo com ele na água, pois os bebês sentem frio com mais facilidade.

Se o seu bebê está nervoso com o mar, você pode fazer algumas brincadeiras e espirrar a água para cima para mostrar a ele como é divertido. Se ele realmente não estiver interessado, fique na beira da água e observe as ondas. À medida que as crianças crescem, começam a se interessar mais pelo mar.

Como alimentar meu bebê na praia?

Se você está amamentando, encontre um lugar onde a areia e o vento não podem atrapalhar a refeição da criança. Se seu filho se alimenta de fórmula, leve os equipamentos necessários para preparar uma refeição fresca. Você pode levar água quente em uma garrafa térmica, caso ele prefira leite morno. 

Se seu bebê se alimenta de sólidos, mantenha a bolsa de alimentos o mais longe possível do chão, para que a areia não contamine a refeição. Esquentar comida na praia pode ser difícil, mas uma solução pode ser levar água quente em uma garrafa térmica e um recipiente que comporte o pote de comida para ser aquecida em banho-maria.

Se ele come sozinho, estenda uma canga ou toalha grande no chão e proteja a área o máximo que puder. Além disso, dê-o apenas um alimento por vez, para evitar acidentes. Lembre-se também lavar as mãos do pequeno antes de comer. Boas opções de lanches para um dia de praia são:

Bananas;

Palitos de cenoura cozida;

Pedaços de pêssego ou nectarina;

Pedaços de queijo;

Macarrão parafuso cozido;

Passas.

Como meu bebê pode cochilar na praia?

Em um ambiente como a praia, pode ser difícil convencer seu bebê a dormir, mas a soneca é importante para que ele não fique irritado. Você pode caminhar com ele pelo calçadão até que ele fique exausto, ou dá-lo de mamar e depois deitá-lo sob a sombra do guarda-sol ou em seu carrinho. No entanto, evite empurrar o carrinho pela areia. Além de ser difícil para você e desconfortável para o bebê, uma vez que a areia entra nas fendas das rodas, removê-la pode ser um pesadelo. 

Se o seu bebê não dorme na praia, pode ser mais fácil programar seu passeio de acordo com os horários de soneca: você pode ir para a praia depois da soneca matinal e ir embora quando o pequeno estiver pronto para o sono da tarde.