Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O grego Stefanos Tsitsipas, finalista em Paris na temporada passada, se classificou para as oitavas de final de Roland Garros ao derrotar neste sábado o sueco Mikael Ymer.

Tsitsipas fechou o jogo em 3 sets a 0, com parciais de 6-2, 6-2 e 6-1, em uma hora e 32 minutos de partida.

O grego viveu sua rodada mais tranquila até o momento no torneio, depois de estrear com uma virada sobre o italiano Lorenzo Musetti e sofrer para derrotar na segunda fase o tcheco Zdenek Kolar em uma batalha de mais de quatro horas.

Neste sábado, Tsitsipas concedeu apenas um ‘break point’ em todo o jogo, que Ymer não conseguiu aproveitar.

“Está claro que foi diferente dos meus primeiros jogos. As condições me convinham mais, com mais calor e clima mais seco. Se pudesse desejar algo para o resto do torneio, seria que o sol continuasse”, explicou Tsitsipas.

Mais cedo, o russo Daniil Medvedev, número dois do mundo, também se garantiu nas oitavas ao bater o sérvio Miomir Kecmanovic também por 3 sets a 0 (6-2, 6-4 e 6-2).

Seu compatriota Andrey Rublev eliminou o chileno Cristian Garín e enfrentará o italiano Jannik Sinner por uma vaga nas quartas.

Na chave feminina, a número 1 do mundo, Iga Swiatek, emendou sua 31ª vitória consecutiva na temporada ao derrotar a montenegrina Danka Kovinic.

Ao contrário das rodadas anteriores, o jogo não foi tranquilo para a polonesa, que apesar de ainda não ter cedido nenhum set no torneio, hoje perdeu oito games, o dobro do que havia perdido nos dois jogos anteriores.

“Cometi alguns erros, sobretudo nos ‘break points’ (contra). Não estou satisfeita por isso, mas estou feliz pelo resultado”, disse Swiatek.

Grande favorita ao título, ela enfrentará nas oitavas de Roland Garros a chinesa Qinwen Zheng, surpresa da competição, que passou de fase com o abandono por lesão da francesa Alizé Cornet.

Quem também deixou o torneio foi a espanhola Paula Badosa, número quatro do mundo, que sentiu problemas físicos no duelo contra a russa Veronika Kudermetova.

Com a eliminação de Badosa, Swiatek é a única tenista do Top 10 do ranking da WTA que continua na disputa do título de Roland Garros.

mcd/dr/cb