Notícia

Trump proíbe que Washington Post cubra seus atos de campanha


O virtual candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, anunciou nesta segunda-feira que cancelou o credenciamento dos jornalistas do The Washington Post para seus atos de campanha, no que constitui seu último ataque contra a mídia.

“Baseado na incrivelmente imprecisa cobertura e em reportagens sobre a campanha de Trump que superaram todos os absurdos, revogamos as credenciais para o falso e desonesto Washington Post”, escreveu o magnata no Twitter.

Uma nota do comando de campanha de Trump informa que “já não nos sentimos obrigados a trabalhar com uma publicação que colocou sua necessidade de ‘clicks’ acima da integridade jornalística”.

The Washington Post é o último veículo de comunicação a ser atacado por Trump, que já proibiu vários meios de cobrir seus eventos e comícios, incluindo Buzzfeed, Des Moines Register, Huffington Post, Politico e Univision.

Ao que parece, Trump ficou irritado com um artigo do jornal de Washington sobre suas declarações contra o presidente Barack Obama por sua fraca liderança no combate ao extremismo islâmico, realizadas após o massacre de Orlando.

mlm/lr

+ Sabrina Sato aparece com micro biquíni e surpreende seguidores

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Policial militar mata a tiros quatro pessoas em pizzaria de Porto Alegre
+ Mãe de Eliza Samudio diz que Bruno não paga pensão e que filho do goleiro se sente culpado pelo crime
+ Deputado dos EUA sugere mudar órbita da Lua para combater aquecimento
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Faustão é internado em hospital de SP
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago