Comportamento

Trump pede proteção a americanos de origem asiática contra estigmatização por coronavírus

Trump pede proteção a americanos de origem asiática contra estigmatização por coronavírus

O presidente Donald Trump em uma coletiva na Casa Branca - AFP

Donald Trump pediu nesta segunda-feira para “proteger” os americanos de origem asiática, dizendo que a disseminação do novo coronavírus “não é culpa deles”, depois de ser acusado de alimentar suspeitas ao falar do “vírus chinês”.

“É muito importante proteger totalmente nossa comunidade asiático-americana nos Estados Unidos e no mundo todo”, tuitou Trump.

“Eles são pessoas incríveis, e a propagação do vírus NÃO é culpa deles, de forma alguma. Eles estão trabalhando em estreita colaboração conosco para eliminá-lo”, acrescentou.

O republicano vinha usando a expressão “vírus chinês” diariamente para se referir ao coronavírus, detectado pela primeira vez em dezembro na cidade chinesa de Wuhan.

Apesar dos avisos de Pequim, que se recusa a ser estigmatizado, Trump adotou a denominação e acusou as autoridades chinesas de terem demorado a compartilhar informações sobre a epidemia.

Segundo associações que representam a comunidade de asiáticos americanos, essa retórica já começou a alimentar o racismo contra eles.