Mundo

Trump fará cúpula do G7 em seu clube de golfe

ROMA, 18 OUT (ANSA) – A Casa Branca anunciou nesta quinta-feira (17) que a próxima cúpula de líderes do G7 será feita em junho de 2020 em um clube de golfe em Miami, na Flórida, que é uma das propriedades do presidente do Estados Unidos, Donald Trump.   

O anúncio foi realizado pelo chefe de gabinete da Casa Branca, Mick Mulvaney, e foi recebido com muitas críticas, já que isso pode beneficiar financeiramente o chefe de Estado norte-americano.   

Mulvaney , por sua vez, explicou que o local foi o melhor avaliado entre as 12 sedes pré-selecionadas pelos assessores do governo. O político de 52 anos ainda garantiu que o magnata não irá obter qualquer lucro ao hospedar os líderes das maiores potências ocidentais.   

“A cúpula do G7 será realizada de 10 a 12 de junho no Trump National Doral em Miami, na Flórida. Doral era de longe o melhor complexo para receber essa reunião. É quase como se tivesse construído para isso”, revelou Mulvaney em uma entrevista coletiva na Casa Branca.   

O chefe do gabinete de Trump ainda acrescentou que a realização do G7 no clube de golfe irá poupar milhões de dólares. Entre os possíveis locais para receber a cúpula estavam Califórnia, Colorado, Havaí, Carolina do norte, Michigan, Tennessee e Utah.   

Neste ano, a reunião do G7 foi realizadaem Biarritz, na França.   

No entanto, a presidência rotativa passou para os Estados Unidos.(ANSA)