Mundo

Vídeo: Trump discute com repórter e encerra coletiva antes do previsto

Crédito: Reprodução/ CNN

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, encerrou abruptamente uma coletiva de imprensa na segunda-feira após discutir com jornalistas. Durante a sessão de perguntas, a repórter Weijia Jiang, correspondente da CBS News, perguntou o motivo do presidente enfatizar constantemente que os EUA estão se saindo melhor do que qualquer outro país quando se trata de testes para a Covid-19.

“Por que isso importa?”, ela perguntou. “Por que isso é uma competição global para você, se todos os dias os americanos ainda estão perdendo suas vidas e ainda estamos vendo mais casos todos os dias?”, questionou.

Trump respondeu: “Bem, eles estão perdendo suas vidas em todo o mundo. Talvez seja uma pergunta que você deva fazer à China. Não me pergunte. Faça essa pergunta à China. Quando você faz essa pergunta à China, pode receber uma resposta muito incomum.”

Logo em seguida, o presidente chamou a repórter Kaitlan Collins, da CNN, mas ela parou quando Jiang interveio: “Senhor, por que você está dizendo isso especificamente para mim?”, questionou a jornalista que nasceu na China e se mudou para os EUA ao 2 anos de idade.

O presidente respondeu: “Não estou dizendo isso especificamente a ninguém. Estou dizendo isso a qualquer pessoa que faça uma pergunta desagradável como essa. A correspondente da CBS rebateu: “Essa não é uma pergunta desagradável”.

Após o comentário de Jiang, a repórter da CNN tentou fazer sua pergunta, mas Trump disse que agora estava olhando para outra pessoa na parte de trás. Como Collins repetidamente se opôs e insistiu em fazer suas perguntas, o presidente encerrou a coletiva. “Senhoras e senhores, muito obrigado”, disse ele antes de deixar o púlpito.

O senador de Vermont, Bernie Sanders, classificou o episódio de “muito patético” e escreveu que Trump “é um covarde que derruba outros para se sentir poderoso”.