Economia

Trump diz que vai oferecer ao Reino Unido um acordo comercial rápido e justo

O presidente eleito nos EUA, Donald Trump, disse que vai oferecer ao Reino Unido um acordo comercial rápido e justo.

“Nós vamos trabalhar muito para que o acordo seja feito rapidamente e feito corretamente, bom para ambos os lados”, disse Trump em entrevista ao jornal The Times, acrescentando que planeja se encontrar com a primeira-ministra britânica, Theresa May, logo depois de entrar na Casa Branca.

O governo dos EUA não poderá assinar novos acordos comerciais bilaterais até que o país saia da União Europeia (UE) – ação conhecida como Brexit -, mas é livre para chegar a possíveis acordos até então. May disse que planeja desencadear o processo formal de dois anos para deixar a UE até o final de março.

Trump, que tem interesses comerciais na Grã-Bretanha, salientou que o “Brexit vai acabar sendo uma grande coisa” e destacou que a depreciação da libra ajudará a aumentar a atratividade dos produtos britânicos no exterior.

O presidente eleito, que tomará posse do cargo na sexta-feira, disse que entendeu o sentimento por trás da campanha para deixar a UE, que ele disse acredita que foi em grande parte impulsionado pela imigração.

“Eu acredito nisso, se eles [países da UE] não tivessem sido obrigados a aceitar todos os refugiados, com todos os problemas que isso implica, eu acho que não teríamos um Brexit. Provavelmente poderia ter funcionado, mas esta foi a gota d’água final”, disse ele, prevendo que outros países vão deixar o bloco.

O secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, deu boas-vindas aos comentários de Trump.

“Eu acho que é uma boa notícia que os Estados Unidos querem fazer um bom acordo de livre comércio conosco e querem fazer isso muito rápido e é ótimo ouvir isso do presidente eleito Donald Trump”, disse ele em seu caminho para uma reunião de ministros de Relações Exteriores da UE. “É claro que terá que ser um que seja muito no interesse de ambos os lados, mas não tenho dúvidas de que será”, acrescentou. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel