Mundo

Trump celebra Independência e critica revolução de esquerda

Trump celebra Independência e critica revolução de esquerda

Donald Trump em um ato republicano em Phoenix, em 23 de junho de 2020. - AFP


WASHINGTON, 4 JUL (ANSA) – Após registrar um novo recorde de casos do coronavírus, os Estados Unidos celebram hoje (4) o Dia da Independência, feriado de 4 de Julho. Em seu tradicional discurso, o presidente americano, Donald Trump, criticou o que chamou de uma “revolução cultural de esquerda”, fazendo uma referência aos recentes protestos antirracista deflagrados no país.

Para o republicano, os atos desencadeados após a morte de George Floyd, homem negro asfixiado por um policial branco em Minneapolis, para tentar derrubar monumentos de personalidades consideradas racistas foram realizados por um grupo “fascista de extrema esquerda”.

“Nossa nação está testemunhando uma campanha impiedosa para acabar com a nossa história, difamar nossos heróis, apagar nossos valores e doutrinar nossos filhos”, ressaltou.

Trump enfatizou que “esta revolução cultural de esquerda foi projetada para derrubar a revolução americana”.

O evento, que antecedeu o feriado de 4 de Julho, atraiu 7.500 pessoas aglomeradas em um anfiteatro ao ar livre. Após as críticas, o magnata assinou um decreto para punir quem depredar estátuas no país com prisão. (ANSA)


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS