A semana

Trump atinge Hillary e os judeus com uma só ofensa

Trump atinge Hillary e os judeus com uma só ofensa

Já são muitos os predicados negativos que rondam o candidato à presidência dos EUA pelo Partido Republicano, Donald Trump. “Misógino”, “xenófobo”, “totalitário” e “racista” são alguns dos mais conhecidos. Na semana passada, no entanto, Trump conseguiu aumentar a lista e passou a ser tachado também de “antissemita”. Motivo: ele publicou nas redes sociais uma montagem da candidata do Partido Democrata, Hillary Clinton, cercada por notas de US$ 100 e com a inscrição “a candidata mais corrupta de todos os tempos”. Ela aparece ao centro de uma estrela vermelha, que lembra a estrela de Davi, um dos principais símbolos judaicos. Trump se defendeu e disse que a imagem remete a “um distintivo de xerife”.