Triste Brasil, que tem um verdugo nefasto como chefe de Estado

Crédito: Reprodução

(Crédito: Reprodução)


Bolsonaro é, inegavelmente, um homicida em potencial. Um cretino que não se cansa de pisotear os cadáveres e seus enlutados. Um ser desprezível, incapaz de dizer uma única palavra de consolo no dia em que completamos um ano de coronavírus no Brasil.

Ninguém, em todo o País, é mais insensível, mais irresponsável e mais danoso que o devoto da cloroquina. Sob novos 60 mil casos e 1.5 mil mortos por Covid, o presidente esculhamba a nação, novamente critica o uso de máscaras e volta a promover aglomeração.

O pai do senador da rachadinha, hoje aliado do Centrão e do corrupto e lavador de dinheiro, Lula da Silva, pelo fim da Lava Jato, demonização de Sergio Moro e impunidade eterna, outra vez ajudou a disseminar seus dois vírus prediletos: o corona e a estupidez.

Com 12 estados e o Distrito Federal à beira do colapso no atendimento aos doentes, o amigo do Queiroz simplesmente atacou as medidas de isolamento social tomadas por prefeitos em desespero, ao mesmo tempo em que expeliu seus perdigotos na multidão.

O marido da receptora de cheques de milicianos não se importa com a morte de ninguém; ao contrário, trabalha diuturnamente para que o número de vítimas por Covid aumente, já que é useiro e vezeiro em contribuir para a facilitação da disseminação do vírus.


+ Após cobertura ser arrematada em leilão, Carlinhos Mendigo se recusa deixar propriedade
+ Mulher desaparecida é encontrada dentro de cobra píton
+ Furão é estrela de vídeo que recria cenas do filme Ratatouille



Outro dia, um jornalista desejou a morte do maníaco do tratamento precoce e o mundo caiu sobre sua cabeça. Pois bem. O psicopata do Planalto pode até não expressar seu desejo de morte aos brasileiros, mas, bem pior que isso, ajuda, na prática, que aconteça.

Repito: Bolsonaro é potencialmente mortal. Há um ano contribui sem descanso para que mais brasileiros morram por Covid-19. Até hoje, nem o Legislativo nem o Judiciário se importaram com isso. Cerca de 30% dos brasileiros, também não. Até quando?

Veja também

+ Receita simples de bolo Red Velvet
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS


Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.