Notícia

Treze somalis detidos na Itália acusados de extorsão de migrantes


A polícia anunciou a detenção na Sicília de 13 somalis suspeitos de integrar uma rede que extorquia os compatriotas que chegavam às costas da península italiana antes de ajudá-los a seguir viagem para o norte da Europa.

As detenções aconteceram ao fim de uma longa investigação iniciada em outubro na cidade de Catania, leste da Sicília, afirma um comunicado policial.

Os detidos, membros de “uma organização criminosa”, buscavam os refugiados somalis recém-chegados à região e estes ficavam retidos até que seus familiares pagassem um resgate para que pudessem prosseguir com a viagem.

Durante a investigação, a polícia libertou alguns somalis sequestrados, incluindo alguns menores de idade, segundo o comunicado.

Os somalis representam 9% dos 31.000 migrantes que chegaram à Itália em 2016.


+ Homem que vivia ‘casado’ com a própria filha é preso após polícia investigar agressão contra criança
+ Família de Schumacher coloca mansão à venda por R$ 400 milhões
+ Pão de Queijo: faça uma das receitas mais gostosas do Brasil



fcc/fp

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS