Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O banco de câmbio Travelex vai adotar uma inteligência artificial para auxiliar na prevenção à lavagem de dinheiro. O sistema Sonar, da ThetaRay, será utilizado pela instituição para monitorar transações domésticas e internacionais, e também para fazer a triagem de sanções em tempo real para os pagamentos transfronteiriços.

A ferramenta utiliza uma espécie de “intuição de inteligência artificial” para tomar decisões, e permite identificar casos suspeitos e descobrir rapidamente ameaças de lavagem de dinheiro. Segundo o Travelex, a taxa de detecção é de 95%, e os falsos positivos são reduzidos em 99% na comparação com soluções baseadas em regras.

O banco afirma ser o primeiro da América Latina a utilizar inteligência artificial na prevenção a esse tipo de crime. “Nossa responsabilidade é simplificar o acesso de nossos clientes à economia global. O Sonar, da ThetaRay, nos ajudará a garantir maior eficiência e cobertura de risco, permitindo novos negócios e linhas de receita”, disse em nota a responsável pelo compliance do Travelex, Célia Pizzi.

O banco de câmbio afirma ainda que a solução permitirá o lançamento de novos produtos e serviços mais eficientes e que estejam em conformidade com a regulamentação brasileira.

O CEO da ThetaRay, Mark Gazit, diz que o Travelex está preparando sua infraestrutura de transferência de dinheiro e pagamentos para o futuro. “Esta parceria com o Travelex Bank ajudará a impulsionar o crescimento da economia global”, comentou.