Retrospectiva 2018

Tragédias anunciadas

Foram dois daqueles eventos trágicos com os quais o Brasil parece nunca aprender. Em maio, um prédio em São Paulo desabou depois de ser atingido por um incêndio. O imóvel era ocupado por centenas de famílias sem-teto e apresentava sinais evidentes de desgaste nas estruturas, conhecidos pelas autoridades. Sete pessoas morreram. Na noite do dia 2 de setembro, a outra tragédia anunciada ocorreu no Rio de Janeiro. Um incêndio consumiu o Museu Nacional, um dos mais importantes do mundo. Perdeu-se parte dos 20 milhões de itens da instituição. Entre elas, a maior coleção de múmias egípcias da América Latina. Por sorte, dois meses depois foi reencontrado o crânio de Luzia, esqueleto de 12 mil anos importante para reconstituir a trajetória da ocupação do continente pelo ser humano.