Tecnologia & Meio ambiente

Toyota convoca recall de 1 milhão de veículos híbridos

Toyota convoca recall de 1 milhão de veículos híbridos

(2017) Linha de montagem do Toyota Prius na cidade japonesa de Aichi - AFP/Arquivos

A fabricante de automóveis japonesa Toyota convocou nesta quarta-feira (5) um recall de mais de 1 milhão de carros híbridos (movidos a gasolina e eletricidade), em sua maioria do modelo Prius, por um problema técnico que, em alguns casos, pode provocar um incêndio.

Ao todo, 1,026 milhão de veículos híbridos dos modelos Prius, Prius Recargable e o 4×4 urbano C-HR, fabricados entre junho de 2015 e maio de 2018, foram chamados para revisão para serem reparados.

Deles, 554.000 foram vendidos no Japão; 217.000, na América do Norte; e 219.000, na Europa.

O problema está nos cabos do motor.

“Se acumular poeira (…), as vibrações durante o uso do veículo podem prejudicar o isolamento dos cabos e deixar o fio condutor descoberto”, explica a Toyota em um comunicado.

Nesse caso, seria possível acontecer um curto-circuito e, em caso extremo, um incêndio, indicou a empresa japonesa.

“É difícil saber se acontecerá um incidente assim e o número de casos” no mundo, disse um porta-voz da Toyota, que garantiu que, por ora, não há notícias de nenhum ferido no Japão.

A operação, que pode durar entre 30 minutos e 5 horas, consistirá em controlar e depois reparar, ou substituir, os cabos do motor.

A marca lançou em 1997 seus modelos híbridos, que combinam um motor a gasolina tradicional com outro motor elétrico, alimentado por uma bateria que recarrega quando o veículo está funcionando, freia, ou desce um declive. O sistema permite reduzir o consumo de gasolina do veículo.

Alguns modelos híbridos mais recentes, o chamado PHV, também podem ser recarregados diretamente na rede elétrica.

A Toyota atualmente comercializa 40 modelos de carros híbridos com vendas totais de 12 milhões de unidades.