Economia

Total abre mão de papel de operadora de blocos na bacia da Foz do Amazonas


A petroleira francesa Total anunciou que notificou seus parceiros Petrobras e BP, em 19 de agosto, sobre a decisão de renunciar à função de operadora de cinco blocos de exploração na bacia da Foz do Amazonas. Os blocos são conhecidos pelos códigos FZA-M-57, FZA-M-86, FZA-M-88, FZA-M-125 e FZA-M-127.

A Total também comunicou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) de sua decisão, dando início a um período de seis meses durante o qual uma nova operadora será nomeada.

Neste ínterim, a Total disse que continuará monitorando todos os processos regulatórios em nome de seus parceiros.

Presente no Brasil há mais de 40 anos, a Total tem mais de 3 mil funcionários no País, segundo comunicado da empresa.


+ MS: Homem que revelou amante pouco antes de ser intubado deixa UTI-covid
+ Ratinho critica Dudu Camargo: ‘Só o Silvio gosta dele’



Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Descoberta no deserto do Kalahari leva a revisão da origem humana
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS