Esportes

Torcedores do Frankfurt são presos em Sevilha por briga com tijolos e sinalizador


A Polícia de Sevilha prendeu cinco torcedores do Eintracht Frankfurt na madrugada de quarta-feira (horário da Espanha) após uma briga que não deixou feridos, mas justificou a preocupação das autoridades locais com a segurança durante a realização da final da Liga Europa. Frankfurt e Rangers decidem o título do torneio continental nesta quarta-feira, no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán.

Segundo relato das autoridades espanholas, os alemães atiraram sinalizadores e lançaram tijolos e mesas de bar contra torcedores escoceses e policiais. O episódio ocorreu por volta da meia-noite, no centro da cidade, e os cinco envolvidos foram levados em custódia.

As forças de segurança da Espanha já estavam em alerta para lidar com possíveis comportamentos violentos. Isso porque o fluxo de visitantes na cidade será muito alto nesta quarta-feira, já que torcedores de ambos os times envolvidos na final viajaram para Sevilha mesmo sem ingressos.

O histórico da torcida do Frankfurt ajudou a aumentar a precaução. Antes do jogo contra o West Ham pelas semifinais, uma briga protagonizada por torcedores do clube na Alemanha acabou em 30 prisões.

Diante da alta possibilidade de cenas de violência, mais de 5 mil policiais e outros profissionais de segurança foram mobilizados pela prefeitura local. Além disso, ruas foram fechadas, barreiras foram erguidas ao redor de monumentos e a segurança foi reforçada nas estações de metrô e nas principais partes da cidade.

Para evitar que os visitantes se espalhem por Sevilha, a Prefeitura preparou duas “fan zones”. Cada uma das áreas tem capacidade para acomodar 20 mil pessoas que estejam sem ingressos para assistir ao jogo no Sánchez Pizjuán.