Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Você está dando o seu máximo e, quando menos espera, sente tontura durante o treino. Se isso não lhe é estranho, entenda por que acontece e qual a melhor solução.

+ 10 formas de se motivar e aproveitar melhor seus treinos

+ Sente dor na lateral da barriga quando corre? Especialista explica o que pode ser

De acordo com a “Women’s Health”, de onde são as informações, existem três causas principais de tontura durante e após os exercícios físicos. São elas: queda na pressão arterial ou no açúcar ou pH do sangue (o sangue fica ligeiramente mais ácido durante o exercício de alta intensidade, pois seus músculos liberam ácido láctico enquanto trabalham).

Como não ter tontura durante o treino?

Para evitar uma queda nos níveis de açúcar no sangue, tente não comer nada durante três horas antes do treino. A menos que você tenha jejuado por 24 horas ou tenha corrido uma maratona, seu fígado e músculos têm muito glicogênio armazenado (moléculas de açúcar unidas) para sustentar sua energia durante o exercício.

Além disso, comer desencadeia a liberação da insulina, que diz às células do corpo para absorverem o açúcar do sangue. O exercício físico não só torna suas células mais sensíveis à insulina, mas também abre portas adicionais de “açúcar” dentro das células musculares, o que equivale a uma queda no nível de açúcar no sangue.

Quanto à pressão arterial, manter-se hidratada (beber pelo menos 300ml de água durante o exercício) pode ajudar. Aquecer e alongar por cinco minutos ou mais também é uma solução. Se o acúmulo de ácido láctico for o problema, ele deve desaparecer aos poucos, enquanto seu corpo se ajusta a exercícios intensos.