Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Festivais de música costumam privilegiar um gênero e um determinado tipo de atividade. Ora a música clássica é valorizada, ora ganham espaço o jazz ou a música popular. Mais difícil ainda é encontrar um equilíbrio entre programação artística e pedagógica. O Festival de Música em Trancoso parece ter resolvido o problema ao harmonizar eventos artísticos e formação musical. Por isso, tornou-se um evento único no calendário musical do Brasil. “Nosso propósito é socioeducativo”, diz Sabine Lovatelli, presidente do Mozarteum Brasileiro e diretora artística do evento. “A ideia é proporcionar a intensa convivência entre jovens artistas com importantes solistas, além de despertar o interesse pela música e o aprimoramento profissional nos jovens da comunidade.” Neste ano, apresentam-se 250 artistas brasileiros e estrangeiros em espetáculos que mostram diversos gêneros, da jam session jazzística às árias de ópera e os shows de música popular brasileira. Teatro L’Occitane, Trancoso, Bahia, de 14 a 21/3.

4 destaques da temporada

Tiago De Carli

Ópera
A soprano Ebony Preston, o tenor Enrique Folger e o barítono Derrick Lawrence cantam árias de Mozart e Catalani 15/3

Toquinho
O músico interpreta clássicos da MPB, com a cantora Camilla Faustino e do clarinetista Proveta 16/3

Bossa Nova and Tango Meet Jazz
Um encontro de músicos de cinco nacionalidades 17/3

My fair lady
O musical de Frederick Loewe, com regência de Masayuki Carvalho à frente da Orquestra Jovem de Guarulhos 21/3