Podcast

“Quem ganha muito dinheiro opera opções”, diz Jimmy Carvalho, investidor

Crédito: Divulgação

Para Jimmy Carvalho, opções são o suprassumo do mercado: “Já consegui lucros entre 4.000% e 5.000% com opções” (Crédito: Divulgação)

Jimmy Carvalho, advogado com MBA executivo em gestão empresarial, hoje é investidor e, há uma década, se dedica a desenvolver estratégias lucrativas, especialmente nas chamadas “opções”. Ele é o convidado do mais recente episódio do MoneyPlay Podcast, programa voltado para o mundo das finanças.

O investidor conta como o mercado financeiro entrou em sua vida e abriu as portas para  opções, a ponto de desistir da vida segura de funcionário público. Ele também explica o que são, como investir e as vantagens do que chama de “supra sumo do mercado”. 

>>> Assista aqui o vídeo na íntegra.

O primeiro contato de Jimmy Carvalho com investimentos foi ainda na escola. Um professor contou que ganhava muito dinheiro com ações e um colega comentou que ganhava ações dos pais como incentivo da importância de guardar dinheiro.  

De origem simples, a vontade de mudar de vida fez com que ele buscasse informações sobre investimentos. “Fiquei por dois anos quebrando a cabeça sobre o que poderia me dar mais retorno, então comecei operando pares de moedas e commodities aos 18 anos.”

De empreendedor a funcionário público

Nessa mesma época, Carvalho comprou uma copiadora em frente ao fórum de Franca, cidade onde nasceu. Conseguiu uma linha subsidiada do governo e tocou o negócio até vendê-lo com lucro. 

Depois, passou em um concurso no Banco do Brasil. Ainda que trabalhasse em uma agência bancária, seu trabalho como Gerente de contas Pessoa Jurídica não tinha relação com a corretora do banco.

Aos 20 anos, Carvalho descobriu o mercado de opções. Ele conheceu um homem que estava lendo o mesmo livro que ele sobre o investimento e perguntou como era possível ganhar dinheiro com ele. Depois da conversa, estudou o tema por seis meses, fez outro empréstimo e, aos 21 anos, realizou sua primeira operação com opções em 2013.

Em 2016, ele fez um vídeo no YouTube sobre como ganhar dinheiro com opções. “Na época, havia pouca coisa sobre o assunto e várias pessoas me procuraram buscando informação”, relata. Como ele ainda trabalhava no banco e era tímido, não investiu nos vídeos. 

Quando veio a pandemia, com a ajuda da esposa, o especialista começou a gravar mais vídeos e o seu canal no YouTube ganhou visibilidade. Então, resolveu deixar o banco. “Quando comecei a crescer na internet, achei que poderia fazer disso um negócio, pois já tinha a segurança dos meus investimentos. Então abri mão do emprego fixo.”

Ele conta que as pessoas com quem trabalhava ficaram em choque “Todos projetam passar a vida toda lá”, afirma Carvalho. Para ele, concurso público não é garantia. “Alcançar um nível de patrimônio grande é muito mais seguro do que depender do governo ou de uma empresa. Se fico rico, sou livre. É uma segurança mais real.”

+Há um mercado virgem a ser explorado na bolsa: R$ 1 trilhão ainda está em poupança

+No Brasil, falar de dinheiro é mais tabu do que falar de sexo ou drogas

Especialista em opções

Carvalho acabou se tornando um grande conhecedor do mercado de opções. Hoje, ensina no YouTube e em outros canais questões como a diferença entre ações e opções. “Ações são pedaços de empresas e as opções negociam o risco e a segurança das ações”, explica. 

Segundo o especialista, opções são negociadas do mesmo jeito que as ações: têm código, qualquer pessoa pode comprar ou vender e não é preciso comprar as ações correlatas. É possível, inclusive, criar uma opção, caso ela ainda não exista. 

Além disso, há várias formas de utilizar o investimento. “É como se existissem 50 ‘joguinhos’ diferentes”, compara. “Dá para fazer dinheiro com o mercado subindo, caindo, andando de lado, com a passagem do tempo, com a inflação, com a mudança de taxa de juros etc. Por isso demanda mais dedicação.”

Uma maneira de operar opções é utilizá-las para ganhar uma renda em cima das ações que já se tem, amplificando o resultado. O investidor afirma que, em algumas épocas, é possível conseguir até o dobro do retorno que se teria com o buy and hold, quando você compra uma ação e a mantém por um bom tempo sem negociar.

Carvalho conta que George Soros e Warren Buffet têm operações com opções até hoje e que Michael Burry só opera com opções. “Elas são o suprassumo do mercado: todo investidor que você admira vai investir. Quem ganha muito dinheiro é porque opera opções.” 

Para quem quer começar

O especialista recomenda iniciar os investimentos em opções de maneira mais conservadora, pois ainda assim pode ser lucrativo. Além disso, é incrivelmente barato operar opções. É possível montar uma operação com apenas R$ 1, arriscando muito pouco para ver na prática como funciona. 

Como qualquer outro investimento, opções também têm riscos. Ele conta que, certa vez, fez uma operação em que estava ganhando muito dinheiro. Mas, quando percebeu que o mercado estava caindo, inverteu as opções. No fim do dia, o mercado voltou ao normal e ele perdeu 80% do lucro de vários meses. “Fiquei em choque e passei três meses sem operar.”

“Você pode ganhar muito, mas quando você perde, mesmo que seja menos, a dor é maior”, afirma. “Hoje, opero no modo: para fazer algo errado tenho que me esforçar muito. É um gerenciamento de risco forçado”, justifica.

Mas a trajetória do especialista tem muito mais resultados positivos. “Já consegui lucros entre 4.000% e 5.000% com opções longas”, conta. E como influencer digital também. “Hoje, tenho mais de 2.000 alunos. Viramos uma escola grande, maior do que a faculdade onde estudei.”

Confira aqui os outros episódios do programa, com o economista Ricardo Schweitzer, os educadores financeiros Patricia Lages, André Massaro e Mauro Calil, além do trader e influencer Ricardo Brasil.