Geral

TJ autoriza que mulher responsável por ataque em padaria cumpra prisão domiciliar

Crédito: Reprodução

O TJ-SP determinou a conversão da prisão em flagrante de Lidiane Brandão Biezok, de 45 anos, em prisão preventiva domiciliar. Lidiane foi filmada na última semana durante ataque homofóbico em uma padaria em São Paulo. Nas imagens, a mulher aparece ofendendo funcionários e clientes do local. As informações foram divulgadas pelo UOL.

“Foi determinada a conversão da prisão em flagrante em preventiva domiciliar de LIDIANE BRANDÃO BIEZOK com base no artigo 312 do CPP [Código de Processo Penal], a ser cumprida na residência da indiciada e de lá não podendo sair, sob pena de ser revogada pelo Juízo a prisão na forma domiciliar”, informou o TJ-SP.

Nesta segunda-feira, funcionários do local foram ouvidos pela reportagem do G1 e falaram sobre a atitude da advogada. Luane da Silva Lopes chegou a chorar ao lembrar do ocorrido.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Veja o significado dos 10 sonhos mais comuns
+ 6 fotos em que o design de interiores do banheiro foi um fracasso total. Confira!
+ Ex-jogadora de futebol, Madelene Wright, começa a vender fotos sensuais após ser demitida do time
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel