Esportes

Título inédito move Bauru e Paulistano em 5º e último jogo da decisão do NBB

O NBB conhece neste sábado, no ginásio Gigantão, em Araraquara, um campeão inédito. Após duas vitórias para cada lado, Bauru e Paulistano disputam o quinto e último jogo da final. Com casa cheia – 4.000 ingressos foram vendidos -, o confronto começa às 14h30, com transmissão ao vivo da Band e do SporTV.

Em oito edições do NBB, apenas Flamengo (cinco vezes) e Brasília (três) conquistam o título. Bauru corre atrás do bicampeonato nacional. O time foi campeão em 2002, quando o torneio ainda era organizado pela Confederação Brasileira de Basquete (CBB). O Paulistano joga pelo primeiro título.

“Sabemos que o Bauru é favorito, está em um momento melhor, foi melhor durante a fase de classificação e tem um elenco muito forte, mas é só um jogo e tudo pode acontecer”, comentou o técnico do Paulistano, Gustavo De Conti.

“Será um duelo equilibrado, nervoso e tenso. As equipes querem o título. Temos de colocar todo o trabalho de uma temporada em prática para conseguir alcançar esse sonho que queremos há tempos”, diz Demétrius Ferracciú, técnico de Bauru.

A série melhor de cinco começou com duas vitórias do Paulistano. Apesar de ter um elenco jovem, o time da capital não se intimidou diante do experiente Bauru e venceu por 82 a 78, em casa, no ginásio Antônio Prado Jr., e por 78 a 74, no Panela de Pressão, como visitante.

Pressionado, o Bauru respondeu no jogo 3, em Araraquara, com vitória por 90 a 79, e igualou o confronto com um triunfo em São Paulo, no ginásio do Corinthians, por 81 a 64.

O fim desta história será conhecido neste sábado. “Nosso time tem mostrado seu valor nos momentos cruciais. Esse histórico de sair perdendo de 2 a 0 e não se entregar já mostra que somos uma equipe batalhadora. Queremos esse título. São 40 minutos de dedicação máxima em busca do nosso sonho”, afirmou Gui Deodato, de Bauru.

Depois de uma campanha surpreendente, os jogadores do Paulistano querem impedir uma reviravolta na série e conquistar o inédito título nacional. “Espero um jogo de grandes emoções. É o momento que mais esperávamos e estamos preparados para encarar esse quinto confronto como o jogo das nossas vidas”, afirmou o armador Georginho de Paula.

Daniel Hure acredita que o Paulistano precisa estar preparado para suportar a pressão. “Será um jogo mental, temos de estar preparados psicologicamente”, disse o argentino. “Temos chance de ganhar se fizemos bem o nosso trabalho, sobretudo nos detalhes. Temos de frear o jogo de transição deles, defender duro, e confiar na qualidade do nosso ataque.”

Para Alex Garcia, que foi fundamental na reação do Bauru na série, o segredo para o sucesso passa pelo comportamento defensivo. “Temos de ter uma defesa agressiva. A comunicação entre nós tem de estar afiada, todos sabendo do seu funcionamento defensivo. Foi a defesa que nos trouxe para o quinto jogo”, apontou o ala.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel