ISTOÉ Gente

Titi Müller precisa passar por cirurgia de emergência e revela cisto no seio

Crédito: Reprodução/Instagram

A atriz Titi Müller passou por uma situação difícil nesta semana. Ela contou no Instagram, mostrando em foto uma marca incomum no busto, que teve que passar por uma cirurgia de emergência por causa de um cisto no seio que acabou se transformando em uma mastite. Titi está em processo de amamentação de Benjamin, seu filho de quase 6 meses.

Com apenas dois meses de vida, filho de Flávia Viana é internado

Luisa Arraes se declara para Caio Blat em foto fofa

No relato ela explica que amamentar não é tão simples quanto parece, e que está tudo bem ter que parar com a amamentação. “O tal cisto, que logo mais descobri que chamava galactocele e era inofensivo, misturou com uma mastite e virou um baita abscesso que teve que ser drenado ontem em uma cirurgia de emergência”, disse. “Não sei se vou conseguir continuar amamentando em LD com um peito só, e tudo bem se não der. É impossível dar conta de tudo sempre e tá tudo bem”, completou a apresentadora.

Titi já está em casa e passa bem. Confira o relato completo:


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel