Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Titi Müller foi aos seus stories do Instagram nesta terça-feira (5) e fez um desabafo sobre as responsabilidades da maternidade e expôs o ex-marido, o músico Tomás Bertoni, da banda Scalene, por ele não tê-la acompanhado em uma consulta médica do filho do casal, Benjamin, de 1 ano.


+ MC Neguinho JM é morto a tiros durante perseguição policial em SP
+ Datena, Faustão, Renata Fan e Neto, quanto ganham as estrelas da Band?
+ Tudo o que você precisa saber para fazer o feijão perfeito

Segundo a apresentadora, o músico já havia combinado que estaria presente, mas que justificou dizendo que tinha apresentado sintomas de Covid-19, e que não poderia. Mas que essa era apenas uma das várias vezes que Tomás teria usado a mesma justificativa para não pegar a criança.

“Eu falei que ia com o pai da criança em uma consulta arrastado. Vou sozinha!”, ironizou a apresentadora no início de seu desabafo.

“Preciso correr para pegar o meu filho. Uma vez por semana a pessoa [Tomás] aparece com sintoma de Covid e não quer pegar o filho. Hoje eu ofereci um teste de Covid e ele não quis fazer. Acabou que eu vou levar sozinha em mais uma consulta médica”, disse Titi.

Segundo a apresentadora, a queixa ainda é pouco perto do que ela deixa de comentar publicamente sobre o ex-marido. “Vocês não têm noção do quanto eu falo pouco. Eu acho que só quem tem noção mesmo são as minhas advogadas criminalistas e a advogada que fez o nosso termo de divórcio. Eu realmente falo muito pouco”, explicou.