Esportes

Tite rebate cutucada de Klopp em relação a Fabinho: ‘É essencial a saúde dos atletas’

Crédito: Reprodução

Tite, técnico da Seleção Brasileira (Crédito: Reprodução)

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, respondeu a cutucada do treinador do Liverpool, Jurgen Klopp. O comandante do Brasil disse em entrevista à rádio Jovem Pan, nesta quarta-feira (28), que pensa da mesma forma que o técnico alemão, mas frisou a importância da “saúde dos atletas”.

Após a vitória sobre o Midtjylland por 2 a 0 pela Liga dos Campeões, na última terça-feira (27), Klopp foi questionado sobre a lesão de Fabinho e a possível utilização do jogador por Tite.

O treinador respondeu que Tite provavelmente não estaria preocupado já que não coloca o jogador para atuar e o deixa sempre no banco.

“Eu e o Klopp temos o mesmo pensamento e a mesma escala de valores. É essencial a saúde dos atletas. Ela é humana. A utilização é secundária, assim como o esporte é secundário quando a gente fala de saúde, quando a gente fala de pessoas, quando a gente fala de algo que é maior. Nós temos essa mesma ideia e forma de ver o futebol”, respondeu o técnico da Seleção.

Convocado para os confrontos com Venezuela e Uruguai, válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, Fabinho é uma opção para o meio de campo, mas também pode atuar de zagueiro, como já tem feito pelo Liverpool. O jogador tem 12 partidas com a Seleção.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel