Mundo

Tiroteio na Caxemira deixa dois mortos

Tiroteio na Caxemira deixa dois mortos

(Arquivo) A torre do relógio na deserta Lal Chowk é retratada durante um bloqueio de segurança em Srinagar - AFP/Arquivos

Um “terrorista” e um policial morreram na Caxemira sob controle indiano em um tiroteio entre ativistas e as forças de segurança, informaram as autoridades nesta quarta-feira.

O incidente, que ocorreu no distrito de Baramulla, no norte da Caxemira, é o primeiro relatado pelas autoridades indianas desde a revogação do estatuto de autonomia por parte de Nova Délhi.

No início do mês, o governo nacionalista hindu do primeiro-ministro Narendra Modi retirou por decreto presidencial a autonomia constitucional do estado de Jammu e Caxemira.

A decisão provocou revolta no vale de Srinagar, de maioria muçulmana, onde muitos habitantes desta região do Himalaia são hostis à Índia e estão comprometidos com sua autonomia, que prevalecia desde o início da república federal indiana, há sete décadas.