Mundo

Tiroteio em Seattle deixa um morto e sete feridos

Tiroteio em Seattle deixa um morto e sete feridos

Uma fita adesiva mede o diâmetro de um impacto de bala no local do tiroteio no centro de Seattle (Washington, EUA) em 22 de janeiro de 2020 - AFP


Ao menos uma pessoa morreu, e outras sete ficaram feridas na quarta-feira (22), em um tiroteio em um mercado no centro de Seattle, muito frequentado por turistas – informaram a polícia e fontes médicas.

A polícia procura ao menos um suspeito do tiroteio, que ocorreu próximo a uma lanchonete da rede McDonald’s, na região do mercado Pike Place.

Este foi o terceiro episódio desse tipo em menos de 48 horas e o mais recente de violência armada registrado em lugares públicos movimentos nos EUA.

A chefe de polícia local, Carmen Best, disse à imprensa que uma mulher foi assassinada, e outras cinco pessoas ficaram gravemente feridas no tiroteio.

“O suspeito fugiu, e a polícia está a sua procura”, declarou Best sobre o incidente, que ocorreu às 17h (horário local).

Best afirmou que testemunhas e imagens de vídeo mostravam que o incidente teve início quando várias pessoas que estavam na frente do McDonald’s começaram a brigar e a atirar umas nas outras. Pedestres foram atingidos.

“Este não é um incidente aleatório, houve várias pessoas envolvidas”, disse Best. “Sacaram suas armas e atiraram. As pessoas correram para todos os lados”, relatou a policial.

O Harborview Medical Center, que recebeu os feridos, informou que sete pessoas estão sendo atendidas, incluindo um menino de nove anos.

Mais cedo, Susan Gregg, porta-voz do hospital, disse que uma mulher de 55 anos estava em cirurgia e que o menino, atingido na perna, encontrava-se em estado crítico. Os demais feridos, todos do sexo masculino, seguiam em condição estável.

A polícia isolou a área e fechou uma estação de metrô, enquanto procurava o suspeito.

Tyler Parsons, funcionário de um café da região, disse ao jornal “The Seattle Times” que escutou os tiros e viu as vítimas caindo.

Ele contou que várias pessoas correram para sua loja em busca de abrigo e que viu duas feridas a tiros.



“O tiroteio foi assustador. É assustador que estivesse tão perto”, disse ele ao jornal.

“Estou horrorizado e consternado com o tiroteio em Seattle esta noite”, declarou o governador de Washington, Jay Inslee, em um comunicado.

A Associação do Centro de Seattle emitiu uma nota com um apelo às autoridades para que dediquem mais recursos à área, diante do aumento de crimes nos últimos anos.

“Fizemos um apelo às autoridades para que dediquem os recursos necessários para melhorar a segurança no centro e recuperem a Third Avenue dos criminosos”, disse na mesma nota esta associação, que busca promover o desenvolvimento da região.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio

Tópicos

EUA tiroteio