Saúde da mulher

Tire todas as suas dúvidas sobre o uso do corset para afinar a cintura

Crédito: Pixabay

Usados desde a Idade Média, os corsets estão presentes no vestuário feminino até os dias de hoje. É um dos recursos mais antigos e eficazes para afinar a cintura e dar mais sustentação ao corpo. Mesmo com toda essa história, muitas pessoas ainda confundem seu uso com o das cintas modeladoras.

Conheça as armas mais eficazes para combater a celulite

Quer perder gordura localizada? Nutricionista dá dicas

Para explicar a diferença entre os corsets sob medida e as cintas, além de contar como eles devem ser usados para afinar a cintura, conversamos com Jerônima Baco, dona de uma marca exclusiva desse tipo de peça. Além dela, Gustavo Patury, médico especialista em aparelho digestivo e referência em cirurgia bariátrica, contempla os aspectos associados à saúde da mulher. 

Jerônima começou a se interessar por corsets em 2007, quando ainda cursava a graduação em moda. Desde então não parou de produzi-los, trabalhou muito tempo sozinha e hoje conta com uma equipe para ajudá-la com os pedidos. Ela já atendeu de Bianca Andrade a Juliana Alves.

O que é tight lacing?

Essa é a técnica de se usar o corset com frequência com o objetivo de reduzir medidas permanentes da cintura através da modelagem das costelas flutuantes. Por serem flexíveis, elas são modificadas com a pressão exercida pela peça no corpo. É uma técnica que exige cuidados específicos para atingir resultados saudáveis.

Qual o corset ideal para fazer tight lacing? 

Deve ser sempre com o comprimento abaixo do busto – no caso, a categoria de modelos underbust ou waist cincher. Por se tratar de uma modificação corporal, esse corset deve ser confeccionado sob medida respeitando o corpo que irá modelar. 

Os modelos underbust podem ser usados por qualquer biótipo corporal, enquanto os modelos waist cincher são indicados para biótipos que não possuem acúmulo de tecido adiposo no abdômen. 

Posso usar o corset 24h/7 dias da semana? 

Para obter resultados com a prática do tight lacing, o uso deve ser constante. Então sugerimos usar o corset ao menos cinco vezes na semana, de 6 a 8 horas por dia. Não é necessário, nem recomendado, o uso 24 horas por dia e 7 vezes na semana para atingir resultados saudáveis. 

É necessário fazer exercício com o corset para afinar a cintura? 

Para a prática do tight lacing é necessário fortalecer os músculos da região abdominal, da lombar e do assoalho pélvico, pois o uso frequente do corset pode ocasionar o enfraquecimento muscular. Mas não recomendamos usar o corset durante o exercício físico. 

Quais os mitos mais comuns associados ao corset e à prática de tight lacing? 

O mito mais comum é que o corset deve estar apertado causando desconforto para só assim se atingir resultados de redução com a prática do tight lacing. Na verdade, deve ser o oposto disso: o corset deve estar confortável no seu corpo para você atingir os resultados de forma saudável. Por isso é importante que ele seja confeccionado sob medida. Peças prontas vendidas por tamanhos padronizados de tabela, tipo P-M-G, não proporcionam esse conforto. 

Agora existem os mitos do tipo: corset quebra costela, desloca os órgãos e você não consegue mais respirar. Muitos desses são mitos históricos e sem comprovação ou vêm através do uso incorreto da peça.

Qualquer pessoa pode usar a peça? 

O uso frequente do corset para a modificação corporal deve ser feito por pessoas maiores de 18 anos e que estejam com a saúde em dia. Alguns problemas circulatórios, na coluna e gástricos podem impedir o uso frequente do corset e é necessário um parecer médico antes de aderir à técnica. Agora o uso do corset como peça fashion na composição de looks sem a finalidade de uso frequente está liberado para todos. 

É preciso ser magra para ter um corset? 

É um dos grandes mitos acreditar que apenas pessoas magras podem usar o corset. As mulheres que vestem tamanhos maiores ficam incríveis usando a peça!

Instagram will load in the frontend.

Já Gustavo Patury, o médico gastroenterologista, não recomenda o uso da peça para afinar a cintura, mas sim como acessório fashion. Ele explica que a técnica pode trazer prejuízos à saúde, principalmente se usada de forma incorreta.

“O uso incorreto do corset ou corselet diminui a frequência respiratória por conta da pressão constante no abdômen para moldar as costelas que chamamos de flutuantes, além de comprimir demais os quadris ocasionando inchaço nas pernas, varizes e até mesmo trombose em casos mais graves.”

O médico também ressalta que não somente o corset, mas roupas muito apertadas e cintas modeladoras podem aumentar a retenção de líquido e prejudicar a mobilidade e o sistema digestório. “Essas peças muito justas podem afetar a digestão, pois a compressão atua impedindo a expansão abdominal após a alimentação e diminuindo os movimentos do sistema digestivo, o que pode provocar refluxo e azia”, diz. 

Diferentemente dessa roupa bastante estruturada, com barbatanas e ajuste, a cinta modeladora em geral é usada por baixo da roupa, e é mais indicada para pós-operatório. “Já os corsets são o que as mulheres chamam de espartilho. São mais resistentes, comprimem mais e geralmente são ajustados através de amarrações.”

Para finalizar, Jerônima e Gustavo sempre recomendam a opinião médica antes de começar a prática de tight lacing para evitar problemas de saúde. Mesmo assim, os corsets ainda podem ser usados como peças de roupa bastante versáteis e chiques, dando um ar diferenciado ao seu visual. 

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago