Esportes

Tio de Diego Costa diz que Corinthians desistiu do atacante após reação negativa da torcida

Segundo Jogner Costa, a Taunsa, empresa parceira do Timão, fez uma pesquisa para ver a aprovação de Diego Costa com os torcedores, e o resultado não foi satisfatório

Tio de Diego Costa diz que Corinthians desistiu do atacante após reação negativa da torcida

Desde o começo da janela de transferência, o principal objetivo do Corinthians é contratar um centroavante de peso. Após negociações sem sucesso com Cavani, o clube iniciou conversas com Diego Costa, e o acerto parecia encaminhado, mas acabou não acontecendo. Na tarde desta quarta-feira (26), o tio do atleta esclareceu a situação.


> GALERIA: Renato Augusto e Willian são os melhores do Timão em estreia

Segundo Jogner Costa, a Taunsa, empresa parceira e que está ajudando o Corinthians na busca por um atacante, fez uma pesquisa para ver a aprovação de Diego Costa com os torcedores do Timão, e o resultado não foi satisfatório. Dessa forma, eles recuaram na negociação.

– Maior prazer de jogar no Corinthians. Quando foi para assinar, a empresa deu para trás, e Duilio disse que a empresa tinha feito uma pesquisa e que a torcida não queria Diego Costa no Corinthians. Essa é a realidade. Diego ficou chateado. Eles deram para trás e não quiseram assinar. A empresa não quis – afirmou Jogner Costa nos stories do Instagram.

O tio do atleta ainda esclareceu os rumores envolvendo a família de Diego, e completou dizendo que o Palmeiras nunca fez contato.

> TABELA: Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos

– Hoje sim posso falar, tenho a resposta. Qual jogador brasileiro não quer Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Flamengo, etc? A família do Diego é toda de Sergipe. Ficou com ele quando esteve no Atlético-MG. Mentira da mídia que a família queria ficar na Europa. Ela quer ficar onde ele está jogando. Sempre o acompanhou, com o maior prazer. Agora, quando estava tudo certo, Diego na animação para jogar no Corinthians, falei sobre ser palmeirense. Ele disse que o Palmeiras nunca fez contato – disse.

A versão apresentada por Jogner contraria o que foi afirmado pelo presidente do Timão, Duílio Monteiro Alves, onde o mandatário deixou claro que os salários exigidos por Diego Costa fizeram o clube desistir do negócio.

– Se quer jogar no Corinthians, vamos conversar. Se não, não vamos. Querer jogar no Corinthians com salário de Arábia é não querer jogar aqui. Estamos na nossa economia, nosso câmbio, real desvalorizado. O Corinthians não fez proposta para o Diego e ficou aguardando. Não, o Corinthians escutou, depois da rescisão, o que ele pretendia para jogar aqui – afirmou Duílio ao portal “ge” quando confirmou que o clube não contrataria Diego.

Mesmo sem conseguir contratar Cavani ou Diego Costa, a diretoria do Corinthians segue de olho no mercado para reforçar a posição de centroavante.