Economia

ThyssenKrupp amplia prejuízo no ano fiscal de 2019 e prevê perda ainda maior

O grupo industrial alemão ThyssenKrupp divulgou hoje que teve prejuízo líquido de 304 milhões de euros (US$ 336,5 milhões) no ano fiscal de 2019 (encerrado em setembro), bem maior do que a perda de 62 milhões de euros do ano anterior.

As vendas líquidas subiram marginalmente de um ano para o outro, a 42 bilhões de euros, enquanto o Ebit ajustado diminuiu 44,3%, a 802 milhões de euros.

Analistas previam que a ThyssenKrupp – que fabrica aço, elevadores e autopeças – teria prejuízo líquido de 245 milhões de euros, vendas de 41,55 bilhões de euros e Ebit ajustado de 813 milhões de euros no ano fiscal, segundo levantamento da Vara Research.

Para o ano fiscal de 2020, a ThyssenKrupp prevê prejuízo significativamente maior e Ebit ajustado no mesmo nível do último resultado. Fonte: Dow Jones Newswires.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?