Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Depois de ser derrotado em 3 a 1 para o Real Madrid, pela Champions League, o treinador do Chelsea, Thomas Tuchel, concedeu entrevista coletiva e assumiu a responsabilidade pelo “erro” de pedir ao zagueiro Christensen para marcar Vinicius Jr. As informações são do UOL.

Para Tuchel, o brasileiro se saiu melhor nos embates contra o dinamarquês. “Sim, foi erro meu”, afirmou o técnico, sobre o assunto.

O treinador aproveitou a coletiva para dizer que, na visão dele, o Chelsea não tem mais chances na Champions. Ao ser questionado se a sua equipe ainda estava viva na competição, Tuchel foi direto. “Não. Não no momento”, declarou.

Thomas ainda disse que a equipe estava longe de seu nível. “Estávamos tão longe do nosso nível em tudo o que o jogo exige, taticamente, individualmente, na forma, na rigidez, nos desafios que tentamos jogar em uma nova formação e depois matamos o jogo com um grande erro após três minutos”, completou.