Esportes

Thierry Henry é o novo treinador do Montreal Impact da MLS

O francês Thierry Henry, que teve uma primeira experiência como treinador do Monaco, decidiu continuar sua carreira no campeonato norte-americano da MLS, ao se tornar o novo técnico do Montreal Impact por pelo menos duas temporadas, anunciou nesta quinta-feira o time canadense.

“Benvindo ao Montreal @ThierryHenry!”, tuitou o Impact.

“Henry assinou um acordo de dois anos, com uma opção para 2022”, escreveu o clube em seu site, O ex-atacante de 42 anos, campeão do mundo em 1998 com a França, conhece bem a MLS depois de ter sido jogador dos New York Red Bulls (2010-2014), onde marcou 51 gols e deu 42 assistências em 122 partidas.

Henry, que estreou como técnico no Monaco mas foi demitido em janeiro, se torna assim o sétimo treinador do Impact, substituindo nesse posto o colombiano Wilmer Cabrera, que assumiu o cargo de forma interina durante dois meses, após a saíd em agosto do francês Rémi Garde, que havia chegado ao clube de Montreal em novembro de 2017.

“É uma honra me tornar treinador do Impact de Montreal e voltar à MLS”, disse Henry. “É uma liga que conheço bem e onde passei momentos muito bons”, acrescentou o francês após os maus resultados em Mônaco, onde o clube chegou a ficar em penúltimo.

Henry poderia ter se dedicado ao trabalhdo de comentarista televisivo muito bem remunerado na Inglaterra, mas seu desejo de treinar se manteve forte.

“Pode me chamar de louco se quiser, mas eu amo o futebol e acho que posso ser um treinador de sucesso”, disse Henry ao jornal Daily Telegraph em agosto.

– Nova energia –

Henry recusou ofertas para ser assistente, depois de trabalhar como número dois de Roberto Martínez com a seleção da Bélgica que terminou em terceiro lugar na Copa do Mundo da Rússia-2018.

“Sempre acompanhei este clube (o Impact) e agora estou nele”, explicou Henry, que brilhou como jogador na Premier League inglesa com o Arsenal, marcando 175 gols em 258 partidas em um total de 228 em 377 jogos se tornando assim o maior artilheiro dos Gunners de todos os tempos.

Também disputou quatro Copas do Mundo com a França (1998, 2002, 2006 e 2010), vencendo a competição em 1998 em seu país natal e é o maior artilheiro da história dos ‘Bleus’ com 51 gols em 123 partidas, superando o lendário Michel Platini.

A esperança é que sua contratação revitalize o Montreal Impact, com problemas ofensivos e que não conseguiu alcançar os ‘play-offs’ em 2019, quando terminou na nona colocação da Conferência Leste.

A equipe foi ofuscada por seu rival canadense, o mais potente Toronto FC, que no domingo perdeu por 3 a 1 para o Seattle Sounders na Copa MLS.

Em Montreal, Henry vai se juntar a seu ex-companheiro de seleção, Bacary Sagna, assim como a Bojan Krkic, com quem jogou no Barcelona.

“Henry vai trazer uma nova energia a nosso clube”, disse em um comunicado o presidente do Impact, Kevin Gilmore.

bur-jed/psr/ao/aam

Tópicos

CAN fbl FRA