Esportes

Thiago Wild é eliminado no Rio Open e Thiem avança às quartas de final

O Brasil não tem mais representantes na chave de simples do Rio Open, ATP 500 disputado em quadras de saibro. Nesta quinta-feira, em um jogo definido por detalhes, Thiago Wild foi eliminado ao perder para o croata Borna Coric, o número 32 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 1/6 e 7/6 (7/5), pelas oitavas de final.

Coric abriu melhor a partida ao fazer 4/1. Wild até devolveu a quebra de saque na sequência, mas não conseguiu sustentar o seu serviço no oitavo game, perdendo a parcial por 6/3. Mas o brasileiro não se abateu. Dominou o segundo set, converteu break points no quarto e sexto games e empatou a partida ao triunfar por 6/1.

O terceiro set foi o que os tenistas melhor sacaram. Assim, a sua definição ficou para o tie-break. Coric abriu 4/0, Wild ainda reagiu e diminuiu a sua desvantagem para 5/4, mas acabou sendo batido por 7/5. Nas quartas de final, o croata terá pela frente o italiano Lorenzo Sonego.

“Fiz uma boa partida, mas ele jogou melhor nos momentos decisivos,aproveitou melhor as chances que teve. Eu tive chances de quebrá-lo no terceiro set, três em um game, em algumas me precipitei e em outras ele jogou bem,mas com certeza tiro dessa semana muita coisa positiva para começar bem o ano”, disse Wild, o 206º do mundo, mas que ascenderá no ranking da ATP em sua próxima atualização.

No fim da noite desta quinta, o austríaco Dominic Thiem precisou de 2 horas e 41 minutos para derrotar o espanhol Jaume Munar, o número 99 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/3 e 6/4. O italiano Gianluca Mager será o oponente do número 4 do mundo e vice-campeão do Aberto da Austrália nas quartas de final.

Os outros dois confrontos dessa fase do Rio Open também estão definidos e serão: Attila Balázs (Hungria) x Pedro Martínez (Espanha) e Federico Coria (Argentina) x Cristian Garín (Chile).

DUPLAS – Se não tem mais representantes em simples, o tênis brasileiro segue vivo na chave de duplas do Rio Open. Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot se classificaram às semifinais ao bater o eslovaco Igor Zelenay e o checo Roman Jebavy por 6/4 e 6/2. Os seus rivais na próxima fase vão ser os italianos Federico Gaio e Salvatore Caruso, que venceram Bruno Soares e o croata Mate Pavic por 6/4, 4/6 e 10/4.

Em duelo nacional, Thiago Monteiro e Felipe Meligeni derrotaram Rafael Matos e Orlando Luz por 6/3 e 7/6. Seus oponentes nas semifinais vão ser o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horacio Zeballos.