Mundo

Terrorista de Nova York agiu por ‘vingança’

NOVA YORK, 11 DEZ (ANSA) – O homem que detonou uma bomba caseira na rodoviária mais movimentada de Nova York agiu por “vingança”.   

É o que diz a imprensa norte-americana, citando fontes do FBI.   

Akayed Ullah, 27 anos, é originário de Bangladesh e trabalhava como taxista nos Estados Unidos. “Bombardearam meu país, então queria causar algum mal aqui”, teria dito o terrorista. (ANSA)