Esportes

Termo “trikas” gera discussão entre torcedores e organizadas do São Paulo; entenda

Crédito: Twitter SPFC

O ambiente do São Paulo estava calmo e sem polêmicas até o termo “trikas” tomar as redes sociais e gerar uma intensa discussão entre torcedores nas redes sociais. Basicamente, o debate surgiu após posicionamento contrário das duas principais torcidas organizadas do clube, Independente e Dragões da Real, ao uso do termo.

O apelido “Trikas” passou a ser utilizado pelos mais jovens nas redes sociais e chegou a ser usado pelo São Paulo no anúncio da contratação do meia Nikão. Entretanto, a medida gerou a indignação de setores mais tradicionalistas na torcida tricolor, entre eles o das organizadas.


Reprodução

Dessa forma, a torcida Independente e a Dragões da Real chegaram a fazer publicações em suas redes para explicar o seu posicionamento, o que não foi bem recebido por outros torcedores do time do Morumbi.

“A Torcida Independente respeita toda liberdade de expressão, manifestações culturais, estilos de vida etc etc etc. Mas o papo é reto. A nossa instituição tem regras, desde 1972. Completará 50 anos, com muito sentimento raiz tricolor. A voz da arquibancada. Assim como instituições tem regras de conduta e vestimenta, também temos. Funciona assim pra ingressar no Exército, pra muitas vagas de emprego, conforme determinem as corporações. Quer usar brinco, pintar o cabelinho, alargar a orelhinha, vai tranquilo, São Paulo futebol clube é de todos. Apenas não será um Independente, simples assim. E na arquibancada não terá essa modinha de “trikas”. Não tentem a sorte”, diz parte do trecho da nota.

Reprodução

“Vamos fazer a limpa com quem faltar com respeito a instituição SPFC , cabe ao são Paulino raiz desmoralizar essa invenção de merda e combater essa pequena praga já que menos de 5 por cento de idiotas acham essa moda bacana ! Aqui é São Paulo FC aqui é Tricolor e mais nada”, afirmou a Dragões da Real .

Para se ter uma ideia, a publicação da Independente em seu perfil no Instagram ocorreu no começo da tarde desta sexta-feira (21) e até o momento já conto com mais de 4 mil comentários. Em sua maioria, os torcedores demonstraram ser contrários ao posicionamento da instituição.

Confira a nota na íntegra:

A Torcida Independente respeita toda liberdade de expressão, manifestações culturais, estilos de vida etc etc etc.

Mas o papo é reto. A nossa instituição tem regras, desde 1972. Completará 50 anos, com muito sentimento raiz tricolor. A voz da arquibancada.

Assim como instituições tem regras de conduta e vestimenta, também temos. Funciona assim pra ingressar no Exército, pra muitas vagas de emprego, conforme determinem as corporações.

Quer usar brinco, pintar o cabelinho, alargar a orelhinha, vai tranquilo, São Paulo futebol clube é de todos. Apenas não será um Independente, simples assim.

E na arquibancada não terá essa modinha de “trikas”. Não tentem a sorte. Pra quem for “trikas” use a sua graça na rede social, onde você quiser, menos nos estádios. Fomos claros?

Pra sua trika não virar zika pro seu lado. Estamos avisando numa boa, pra depois ninguém dizer que não sabia.

E, vocês aí, da Comunicação do SPFC ou Assessoria de Imprensa. Nossa instituição trimundial não permite palhaçada. Perfeito?

Seguimos.

50 ANOS TORCIDA INDEPENDENTE

A VOZ DA ARQUIBANCADA TRICOLOR