Brasil

Tereza Cristina diz que amanhã é seu último dia à frente da Agricultura

Crédito: Alan Santos/ PR

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou nesta terça-feira, 29, que amanhã será seu último dia à frente da pasta. Ela vai se desincompatibilizar para ser candidata ao Senado pelo Mato Grosso do Sul.

“Essa é minha última agenda aqui no meu Estado como ministra”, disse ainda Tereza Cristina, em evento para entrega de títulos de terra em Ponta Porã (MS), um de seus redutos eleitorais.


O Broadcast Político apurou que o mais cotado para assumir a Agricultura é o secretário-executivo do Ministério, Marcos Montes, ex-deputado federal ligado à bancada do boi.

Tereza Cristina comentou a internação do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Hospital das Forças Armadas, em Brasília. O chefe do Executivo deu entrada na unidade de saúde ontem e teve alta somente hoje pela manhã, após um “desconforto”, e já seguiu para a viagem ao Mato Grosso do Sul. “Presidente ontem não se sentiu bem porque trabalha muito”, disse a ministra.

No mesmo evento, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou que o agronegócio vai crescer entre 10% e 20% ao ano com a chegada do 5G ao País. “Agronegócio vai trazer para o Brasil em torno de 2% do crescimento do PIB após 5G”, segundo Faria.