ISTOÉ Gente

Teresa Cristina e Vera Holtz chamam Bolsonaro de ridículo após discurso sobre o Pantanal

Crédito: Reprodução Instagram

A cantora Teresa Cristina e a atriz Vera Holtz usaram as rede sociais para mostrar a revolta que sentiram com o discurso que o presidente, Jair Bolsonaro, fez nesta terça-feira (22), na Assembleia das Nações Unidas (ONU), afirmando que o Brasil é vítima de uma campanha brutal de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal.

No Twitter, Teresa Cristina disparou: “Ridículo, mentiroso, hipócrita, misógino, racista, homofóbico, genocida. Muita indignação e uma única certeza: temos o pior presidente do mundo. Que fase, Brasil!.”

Já Vera Holtz escreveu: “Bolsonaro mais uma vez deixa o país na lama da vergonha com esse discurso ridículo na ONU. Cristofobia foi de cair o cu da bunda. Esse asno não discursa pro mundo, discursa pro eleitorado dele. E sabemos que infelizmente funciona.”

Ainda no discurso, Bolsonaro disse que os responsáveis pelas queimadas são os índios e caboclos, justamente os povos que são as maiores vítimas de toda essa devastação.

O chefe de Estado concluiu dizendo que entidades brasileiras e impatrióticas se unem a instituições internacionais para prejudicar o país.

Veja a publicação de Teresa Cristina e Vera Ortiz:

Reprodução Twitter

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Telefone de jornalista argentino roubado ao vivo em Buenos Aires

+ Márcia Bonde divulga vídeo e deixa fãs sem fôlego

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar